Os impactos da atrofia cerebral

Atrofia Cerebral Esclerose Multipla

Pode ter ouvido vários termos relacionados com o cérebro e a EM. Um deles é a atrofia cerebral. A atrofia cerebral consiste na Perda de Volume Cerebral, que pode ser mais acelerada quando se tem esclerose múltipla. Mas como é que a atrofia cerebral afeta e modifica o dia-a-dia das pessoas que vivem com EM?

Esclerose Multipla

E isto não acontece com pouca frequência…

Esclerose MultiplaEsclerose Multipla

A atrofia cerebral é também um fator de risco de fadiga7

Esclerose MultiplaEsclerose Multipla

A atrofia cerebral foi associada à disfunção cognitiva…2

Esclerose MultiplaEsclerose Multipla

A atrofia cerebral foi associada à diminuição do bem-estar emocional…11

As pessoas que vivem com EM tanto podem ter problemas emocionais como mentais, tais como a ansiedade e depressão.2

Uma percentagem significativa de pessoas que vivem com EM sofre de depressão, mesmo quando comparada a pessoas que vivem com outras condições debilitantes.12

Esclerose MultiplaEsclerose Multipla

O impacto da atrofia cerebral pode afetar as relações e a vida quotidiana das pessoas que vivem com EM e de quem as rodeia:

As pessoas que vivem com EM e apresentam fadiga, problemas cognitivos ou incapacidade física têm uma maior probabilidade de não conseguir emprego6,7,9,13

À medida que a incapacidade física vai progredindo, a proporção de pessoas desempregadas que vivem com EM aumenta significativamente14

Esclerose Multipla

Referências:

  1. De Stefano N et al. J Neurol Neurosurg Psychiatry 2015; 0: 1-7.
  2. Ferreira M. Cognitive deficits in multiple sclerosis. Arq Neuropsiquiatr 2010; 68(4): 632-641.
  3. Giovanonni G et al. Brain health: A guide for people with MS. 2016.
  4. Culpepper W et al. J Rehabil Res Dev 2015; 52(3): 263-272.
  5. vs.MS global survey of people living with relapsing MS (RMS) and RMS care partners. 2015.
  6. Sutliff M. Curr Med Res Opin 2010; 26(1): 109-119.
  7. Tedeschi G et al. J Neuro Sci 2007; 263: 15-19.
  8. Lerdal A et al. Eur J Neurol 2007; 14: 1338-1343.
  9. Khan F. Front Neurol 2014; 15(5): 177.
  10. Emotional and cognitive changes. Disponível em:https://www.msif.org/about-ms/symptoms-of-ms/cognition-and-emotional-changes/. Acedido em: maio de 2017.
  11. Mowry E et al. Neurology 2009; 72: 1760-1765.
  12. Dealing with chronic illness and depression. Disponível em: http://www.webmd.com/depression/guide/chronic-illnesses-depression#1. Acedido em: maio de 2017.
  13. Benedict R et al. J Neurol Sci 2005; 231(1-2): 29-34.
  14. Giovannoni G et al. Brain health: Time matters in MS. 2016.

GZPT.MS.18.10.0202 Aprovado em: Outubro 2018

Links uteis: